Início > Elementary OS Luna, Linux, Ubuntu > Lançado o beta do elementary OS Luna. Conheça as novidades!

Lançado o beta do elementary OS Luna. Conheça as novidades!

Foi disponibilizado hoje (14 de Novembro, 2012) o primeiro beta público do elementary OS Luna. Os desenvolvedores estavam trabalhando no sistema há um ano e meio – que também será a próxima geração do elementary. Esta nova geração, segundo Cassidy James, líder do projeto, começa com este beta. Há muito que se esperava uma nova versão do elementary OS, sendo a primeira, 0.1 Jupiter, lançada no dia 31 de março de 2011.

Continuando com a tradição de utilizar nomes de deuses, esta versão se chama Luna, a deusa romana – e não o satélite natural da Terra. Este artigo mostra as novidades da nova versão, uma análise do sistema feita pela equipe do Ubuntued e ainda, claro, disponibiliza os links para download do elementaryOS.

O que há de novo?

O Luna é o nosso maior empreendimento e com ele chegam diversos novos aplicativos, recursos e bibliotecas de desenvolvimentos. Com a integração e inovação das novas tecnologias, o Elementary está construindo uma plataforma que fará todos os desenvolvedores ficarem animados.

O Pantheon é o ambiente do elementary. Ele é composto da tela de login, painel, lançador de aplicativos, dock, gerenciador de janelas, configurações de aplicativos e do tema. O foco durante o desenvolvimento do Pantheon foi disponibilizar um ambiente limpo e poderoso para os aplicativos. Quando nenhum aplicativo estiver sendo usado, o Pantheon irá consumir muito pouco dos recursos do sistema. Mas isto também significaria construir um desktop que se integra perfeitamente aos serviços de sistema que oferecemos.

A tela de login Pantheon Greeter é construída em cima do LightDM. Ela mostra gráficos suaves e animações com o CLutter, o horário, a data e uma tipografia muito bonita. Também tem recursos de acessibilidade.

O WingPanel é o painel do Luna. É mais claro do que o da versão 0.1, Jupiter, e trás um visual simples, porém refinado. O WingPanel também trás indicadores reconstruidos: ao clicar em um deles, um pequeno menu é aberto revelando os itens. Ao clicar em “Aplicativos”, o Slingshot é aberto ao invés de um menu. Os applets do GNOME são totalmente obsoletos sendo comparados ao do Luna.

O lançador de aplicativos é o Slingshot. Ele é formado de uma grade de aplicativos em 3×5 e é o resultado do design integrado. Três tipos de usuários tiveram o foco no desenvolvimento do Slingshot: os que usam o clica-e-arrasta, presente nas interfaces modernas, os que estão acostumados com categorias e os que usam o teclado para controlar o computador. O Slingshot é totalmente consistente com o resto do sistema.

A dock do Luna é baseada no Plank – e foi totalmente reescrita em Vala e possui integração com a LibUnity. Isto faz com que a dock mostre, por exemplo, contador de itens não lidos, barra de progresso e itens de “quicklist”. As configurações da dock são integradas no Switchboard – e não em um local separado.

O Compiz foi substituído pelo Gala como o gerenciador de janelas do elementary. Construído na LibMutter, o Gala oferece uma animação leve e suave, além de ter suporte para temas de decorações complexos. Usuários avançados vão gostar do gerenciador de áreas de trabalho.

As configurações do sistema foram agrupadas em um único app chamado Switchboard. Este app tem suporte para novas configurações, chamadas de plugs. O Luna vem com alguns plugs pré-instalados, assim como um pacote de transição entre o painel de configurações do sistema do GNOME.

Por último, o tema elementary. O tema ganhou diversas modificações desde o lançamento do Jupiter. No Luna, o tema foi, primeiramente, feito em GTK3 e era totalmente integrado com a ideia Granite. Agora o tema é baseado em CSS, o que proporcionou, para a equipe de desenvolvimento, maior controle para a aparência do tema. Além disto, a implementação de tipografia nos apps ficou muito mais fácil. O tema ainda inclui configurações padrões ao exemplo do .content-view, e é muito fácil para os desenvolvedores criarem apps com o estilo elementary. Vale lembrar que a implementação em CSS é para os widgets do Pantheon, e não ao tema de janelas.

Outras novidades

O Luna é feito de novas tecnologias, tanto desenvolvidas pela equipe elementary ou por outros projetos de código aberto, fornecendo um grande número de melhorias no sistema.

Por baixo de toda a interface, o elementary OS usa o kernel Linux. O kernel tem diversas melhorias, incluindo compatibilidade com hardwares, melhores drivers wireless, drivers de placas de vídeo dentre outras coisas.

Outro foco do Luna é usar o GTK3 na maior parte do sistema. Todas os apps direcionados ao usuários usam o GTK3, o que significa que eles podem aproveitar o nosso novo tema completamente. Durante o desenvolvimento do Luna, foi construído, também, uma nova tecnologia de interface do usuário, que é chamada de Granite. Granite é uma extensão do GTK e que disponibiliza alguns widgets bem desenhados e consistentes para os apps. O Granite agora inclui uma tela de boas vindas, tela de diálogos e etc. Cada um destes widgets estão disponíveis para os desenvolvedores e são usados em diversos lugares do sistema, trazendo um design bonito e consistente entre aplicativos.

Apps

Das transformações que ocorreram no desenvolvimento do Luna, a maior delas é o navegador padrão, o Midori. O navegador agora é composto por uma nova – e mais rápida! – versão do WebKit, que trás uma experiência melhor no suporte do CSS3 e do HTML5. O Midori também está integrado aos recursos do Granite, dando uma experiência mais integrada ao navegador, que também recebeu uma repaginada no menu de favoritos, além de atualizações de compatibilidade e segurança.

Uma outra novidade foi a inclusão do Geary, um novo cliente de e-mail que substitui o Postler, que foi lançado no Jupiter. O Geary trás as melhores ferramentas dos serviços de e-mail via navegadores para o desktop, além da integração entre anexos, notificações de email e etc.

Mais um novo app é o Maya. É um calendário para o desktop em que você pode criar, ver e gerenciar eventos para organizar sua agenda.

O player de música Noise também está sendo lançado com o Luna. O Noise combina uma interface simples com uma poderosa ferramenta para tratar bem a sua biblioteca musical. O Noise mostra um excelente uso dos recursos do Granite e é um exemplo muito interessante da integração com o desktop.

No Luna há o lançamento do Scratch, um poderoso editor de texto. Com uma interface agradável, possui suporte à linguagens de códigos e possui o recurso de sistema de plugins. Com isto, você pode transformá-lo para deixá-lo do jeito próprio estilo.

Além disto, há o lançamento do (Pantheon) Terminal, um agradável e simples emulador de terminal. Ele usa os recursos do Granite, o que faz com ele também se integre muito bem ao sistema.

Por último, mas não menos importante, está o Files, o gerenciador de arquivos do elementary. Utilizando o Granite, ele é totalmente consistente com o desktop. Ele também é totalmente integrado à área de trabalho através da LibUnity, e trás ferramentas únicas, como navegar em apenas uma coluna e suporte a plugins.

Outras informações

O elementary OS Luna ainda não está completo. E, se você é um desenvolvedor, você pode ajudar. Reporte um bug por meio do ícone que está na dock. Isto fará com que aquele problema seja corrigido nas próximas versões. Caso você queria participar do desenvolvimento, também há meios. As informações estão na página do projeto.

Instalação

A instalação do elementary OS Luna é parecida com a do Ubuntu, entretetando há algumas mudanças. Há mais opções para avatar de usuário e não há slides promocionais na instação – ao contrário do Ubuntu.

Depois de instalado

O sistema instalou de maneira rápida. Porém caso não instale os codecs durante a instalação ou via instalação dos ubuntu-restricted-extras, faz com que o Noise feche inesperadamente ao invés de exibir um aviso de que não há codecs de áudio para excecutar a biblioteca de áudio. O player de vídeo escolhido é o Totem.

Outra consideração é: o elementary OS Luna não possui muitos aplicativos e o usuário final deverá instalar os apps que ele mais utiliza. Por outro lado, isto deixa o sistema livre de aplicativos que não serão nunca usados por determinados usuários.

Faça Download do ElementaryOS Luna!

Agora que você já conhece todas as novidades do sistema, você pode fazer o download!

Lembre-se que é uma versão beta e que pode conter erros.

Considerações finais

O elementary OS Luna é um dos sistemas operacionais mais aguardados. Ainda não há uma data certa para o lançamento (ele será lançado quando estiver pronto), mas o lançamento do beta veio para acalmar os ânimos dos mais animados para o projeto. As novas tecnologias implementadas pela equipa do elementary, com toda a certeza, estarão presentes em novas distribuições que serão lançadas a partir de agora. É uma concorrência forte ao Ubuntu e ao Linux Mint. Rápido, leve e com uma boa aparência, o elementary OS Luna, com certeza, mudará paradigmas de que o Linux não pode ser agradável.

Fonte

Anúncios
  1. João
    08/12/2012 às 17:45

    Ok, testei o Lona por vários dias e de fato o sistema é bastante leve, interessante, entretanto e o lançamento? nada ainda? nenhum previsão mínima?

  2. webedy
    09/12/2012 às 15:28

    O nome certo é LUNA…
    Acredito (estimativa minha) que até Abril de 2013..

  3. João
    09/12/2012 às 23:25

    rsrsrsrsrs… cara foi mal, curioso é que verifiquei o texto antes de submeter no site e ainda assim foi com essa de “Lona”… rsrsrs… Bem, então é esperar mesmo. Agora te digo uma coisa, a proposta básica do sistema é boa, bastante leve, simples sem ser sinônimo de “pobre”, não o vejo necessariamente como mais uma cópia de algum outro sistema, ainda que alguns digam tratar-se de uma cópia do OS-X. Enfim, é um sistema interessante mais que tem que corrigir (implementar) ainda muita coisa sim. Insisto que aquele processo de clicar em “Aplicações” é meio estranho, está simplesmente “feio”, meio deslocado do grafismo geral do sistema. (refiro-me a janela que é aberta e onde são listados os programas), sugiro algo um pouco mais na linha de um Cinnamon. Enfim, torço pelo sistema sim, se reclamo é porque espero que quando vier a “versão final”, pois que justifique a tamanha expectativa que tenho percebido em tantos sites e creio ser algo desproporcional a realidade do sistema atualmente disponível.

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: